01/08/2018

A dança da vida em “Casa de Portugal”

A dança da vida em “Casa de Portugal”, contos de Sergio Ballouk.

*Ricardo Riso
Tratar de diferentes momentos do cotidiano, trazer o espaço das famílias negras, suas histórias, manifestações afetivas, solidárias e conflitantes inseridas no racismo da sociedade brasileira, demonstram-se com leveza em uma escrita que aparentemente se revela descompromissada, mas que lida com situações sérias nas pequenas narrativas de Casa de Portugal, reunião de contos do escritor Sergio Ballouk. 

São histórias comuns em ambientações negras. Cenas reconhecíveis para muitos de nós, por isso envolventes como passos de dança no desenrolar dos enredos, com um estilo que preza a economia das palavras nas descrições de imagens e personagens, nas dificuldades, nas alegrias, nas inseguranças, nos anseios, nas situações inesperadas regidas pelos mistérios da vida. Dessa maneira, são expostas contradições, fraquezas e fortalezas de pessoas tão próximas, como nossos tios, avós, namoradas, amigos, filhos… 


O fascínio do viver, com suas sequências indeterminadas de vitórias e derrotas, pulsa nos contos de Ballouk diante de finais que surpreendem, intrigam, levam ao riso, à reflexão, ao arrebatamento em espaços como o baile e a amizade, na sala da faculdade, nas partidas de futebol, na dureza da casa inundada pela enchente e a indiferença do poder público e da mídia, nas tensões de uma visita ao shopping center, nos questionamentos agudos das crianças, nas conversas de acaso num ponto de ônibus… 


Contribui a edição do livro em um formato aconchegante que muito facilita a leitura, uma realização de Marciano Ventura, editor da Ciclo Contínuo. Tal cuidado valoriza as treze narrativas de Ballouk, que emocionam com a sutileza e sagacidade de um bom contador de história. O autor conduz-nos a celebrar a vida, sem perder de vista as dificuldades enfrentadas por nós negrxs brasileirxs, com delicadeza, boa dose de ironia e sapiência. Um livro para ler com o melhor da música negra ao fundo.


Título | Casa de Portugal – contos
Autor | Sergio Ballouk
100 páginas
Ciclo Contínuo Editorial | 2016