10/11/2011

FESP- Biblioteca Clóvis Moura - Semana da Consciência Negra - 2011



Dia 16/11- Estarei na FESPsp - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, lançamento o Livro "Enquanto o tambor não Chama"- poemas, com a parceria do Núcleo de Pesquisas Biblioteca Clóvis Moura.Simbora!


Serviço: Semana da Consciência Negra 2011
FESPsp - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo
Local: Av. General Jardim, 522 - Vila Buarque
Próximo ao metrô República e Santa Cecília


Confira abaixo  a programação completa:




CRONOGRAMA
ATIVIDADE
LOCAL
Quarta-feira
16/11/2011
Exposição do Núcleo de Pesquisas Biblioteca Clóvis Moura: linha do tempo com fotos do núcleo, montagem do acervo com alguns livros do núcleo e distribuição de folhetos (divulgação do Núcleo).
Filme no saguão da FESP de 10 min – 19h30, sobre Guiné. Durante a chegada dos alunos.
SALA DO ADÃO
E SAGUÃO
Quarta-feira
16/11/2011
Em parceria com a FESPpóetica - Relançamento do livro: Enquanto o Tambor não Chama( poemas), de Sergio Ballouk - no saguão da FESP. Leituras de alguns poemas e bate-papo com o público.
Mesmo local: FESPpóetica
Quinta-feira
17/11/2011
MESA – Discutindo a importância do Museu afro para a Cultura brasileira; toda trajetória desse centro de Informação.
Auditório
7º andar 20h00
Sexta-Feira
18/11/2011
MESA – Vida e obra de Clóvis Moura
Auditório
7º andar
20h00
Sábado
19/11/2011
MESA – Lei 10.639/03 em debate
Auditório
7º andar
10h00
Sábado
19/11/2011
WORKSHOP
Mariama Camara – Dança
Mandingue (Guiné-Conacri)
Sala do
3º andar 18H00
Sábado
19/11/2011
FESTA – Nega de estampa
Saguão Principal  17h00

  
Palestrantes

MESA I

Título: Museu Afro Brasil – Um conceito em perspectiva - Discutindo a importância do Museu afro para a Cultura brasileira; toda trajetória desse centro de informação.

Dulcilei da Conceição Lima
Bacharel em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (2003). Mestre em Educação, Arte e História da Cultura na Universidade Presbiteriana Mackenzie com o estudo intitulado Desvendando Luíza Mahin: Um mito libertário no cerne do Feminismo Negro (2011). Entre 2004 e 2010 atuou como professora de História no Ensino Fundamental, Médio e Superior. Desde 2008 integra o Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil, onde já foi educadora, supervisora e atualmente é Auxiliar de Coordenação.

Claúdio Bispo, estudante de biblioteconomia, que está fundamentando seu tcc na teque no museu afro.

MESA II

Mesa de debates sobre a vida e obra de Clóvis Moura - Tema: Quem foi Clóvis Moura?

Mediador: José Adão Pinto, livreiro desde 1975, e trabalha na ESP desde 1996.Conviveu com Clóvis Moura durante o período de 1983 a 1985 em São Paulo no bairro de Santa Cecília.

Debatedores:

Roque S.de Souza, conviveu durante um período com Clóvis Moura. Pesquisador de assuntos culturais, escritor e professor. trabalhou no Colégio Indac-Catec onde realizou cursos de História da MPB, Fatec-SP palestras Cultura Brasileira, SESC/SP encarregado artístico e coordenador do Circuito de MPB-SESC na Capital e no interior do estado de São Paulo Com João Bosco, Cartola e Roberto Nascimento, Carlinhos Vergueiro, Edu Lobo e Boca Livre e Luiz Gonzaga. Estúdio Eldorado realizou e produziu o circuito Ciclo das Águas com o compositor Geraldo Filme e a cantora Ana de Holanda acompanhados pelo cantor-compositor e arranjador Filó Machado. Palestras na PUC-Campinas/SP, UNE/viração-Guarulhos .

Roseli Macedo Leal, Mestre e Doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo / Faculdade de Saúde Pública. Graduada em Letras - Faculdades Oswaldo Cruz, Especialista em Administração de Recursos Humanos - Universidade Sant Anna. Professora titular da UNIBAN Brasil, convidada do Instituto RACINE de Pós-Graduação e do Instituto Nacional de Pós-Graduação - INPG. Experiências na área de Saúde Pública, Coletiva e Comunitária, com ênfase em Saúde Ambiental/Ocupacional e Práticas em Serviços de Saúde, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Gestão Pública e Participação, Ações de Saúde (educação e gestão), Gestão de Pessoas, Educação (disciplinas pedagógicas), Metodologia da Pesquisa Científica e Orientação de Trabalho de Conclusão de Curso, Segurança Alimentar e Nutricional, Meio Ambiente (educação e gestão) e Planejamento. Vice-Presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de São Paulo - COMUSAN-SP, por quatro Gestões (2001/2010). Aposentada pela Prefeitura da Cidade de São Paulo como Especialista. Ativista em Movimentos Sociais, nas áreas: trabalho e sindicalismo, saúde, segurança alimentar e nutricional, sustentabilidade ambiental, gênero, combate ao racismo, assuntos comunitários, participação social e popular.

Soraya Moura - historiadora, formada pela Universidade São Paulo, desenvolve projetos na área de História Social e Organização de acervos Históricos.

Walber Monteiro, ex-militante do movimento estudantil, foi Coordenador do DCE da UNESP e diretor de Escolas públicas da U.E.E.-SP. No movimento sindical foi diretor de Relações Internacionais da União Nacional dos Servidores Públicas civis do Brasil e da UIS servidores da Federação Sindical Mundial. Atualmente é membro da coordenação Nacional da INTERSINDICAL. é do conselho editorial do jornal Arma da Crítica e coord. de projetos do Instituto Luiz Gama..

MESA III

Palestra sobre a lei 10.639/03 e a lei complementar 11.645 que instituiu, a obrigatoriedade do ensino sobre África nas escolas.

Mediadora: Marisa Mateus

Dra.Teresina Bernardo é Doutora pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais - PUC/SP. É Professora Assistente – Doutor no Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP desde 1994 e Professora do Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da PUC/SP - Área de Antropologia. Foi Coordenadora de Antropologia do Ciclo Básico da PUC/SP; Assessora da Reitoria da PUC/SP (1990-1992) e Chefe do Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP.

Milton Silva dos Santos Doutorando em Antropologia Social (UNICAMP). Possui bacharelados (2004), licenciatura plena (2005) e mestrado em Ciências Sociais/Antropologia pela PUC-SP (2007). Ex-integrante do Núcleo de Pesquisa do Museu Afro Brasil. Coordenou e ministrou cursos de aperfeiçoamento em cultura afro-brasileira (SINPRO-SP, PUC-COGEAE, Secretaria de Educação de Barueri-SP, UNESP-Campus Presidente Prudente e outras instituições). Colaborador convidado para redigir os verbetes "Candomblé" e "Sincretismo" (Dicionário básico de sociologia, Editora Global, no prelo). Autor de artigos publicados sobre identidade e religiosidade afro-brasileira. Atua nas seguintes áreas: (re)africanização do candomblé; religiões afro-brasileiras no Ensino Religioso das escolas públicas de São Paulo; cultura e religiosidade afro-brasileiras nos currículos escolares.

Exposição – Curador Alexandre Araujo Bispo – idealizador e curador da exposição É Nóis na Fita Provérbios Afrobrasileiros : uma homenagem a mãe Stela de Oxossi, realização prefeitura de Santo André.

Contatos:

Cristiane Laudemar Rodrigues – biblioteca.fespspreto@gmail.com

Thaís Pereira dos Santos – secretaria.fespspreto@gmail.com