24/10/2011

III Fórum do Ensino Superior

III Fórum




Amigos,

Estarei dia 28/10 às 19h30 com o Quilombhoje falando sobre o tema: O tambor em forma de poema e prosa  - Quilombhoje e Cadernos Negros: Teia Narrativa e laços de vivências, no III Fórum do Ensino Superior. na  PUC-SP –Campus Ipiranga.  Avenida Nazaré, 993- Próximo ao metro Alta do Ipiranga. Espero vocês lá.


( material de divulgação)



SMPP realiza III Fórum do Ensino Superior


A Secretaria de Participação e Parceria (SMPP) realiza nos dias 27, 28 e 29 de outubro o III Fórum do Ensino Superior sobre os desafios para a efetivação com qualidade do ensino de História e Cultura Africana e Indígena, no auditório da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), campus Ipiranga.





O evento é organizado pela Coordenadoria dos Assuntos da População Negra (CONE), da SMPP, juntamente com o Núcleo Étnico Cultural da Secretaria Municipal de Educação e com o apoio da PUC que vai sediar o espaço.



Durante o três dias de evento, serão discutidos entre as instituições de ensino superior, docentes, gestores educacionais e acadêmicos, a necessidade de maior atenção com o processo de formação de futuros profissionais das áreas de educação e comunicação, visando à efetivação e obrigatoriedade do ensino da História e Cultura Afro-Brasileira estabelecidas nas Leis 10.639/03 11.645/08.



No último dia, serão apresentadas oficinas sobre experiências em sala de aula nas temáticas da História e Cultura Africana e Indígena.



O evento vai reunir professores, coordenadores pedagógicos, coordenadores de departamentos das Universidades, licenciaturas, estudantes de cursos acima citados e professores da rede municipal de ensino, estudantes de pós-graduação nas áreas temáticas e Núcleos de Universidades.



Os interessados em participar devem fazer a inscrição através do

e-mail forumdoensinosuperior@prefeitura.sp.gov.br ou pelo telefone da CONE 3113-9745.



Haverá ônibus com saída da estação do Metrô Alto do Ipiranga até o Campus PUC Ipiranga. Confira abaixo os horários previstos.





27/10 - Metrô Alto do Ipiranga

Saída: 18h,19h e às 20h

Retorno: 23h

Saída do Campus PUC Ipiranga para o Metrô Alto do Ipiranga – Av.Gentil de Moura com Rua Visconde de Pirajá.



28/10 - Metrô Alto do Ipiranga

Saída: 8h, 9h e às10h

Retorno: 22h

Saída do Campus PUC Ipiranga para o Metrô Alto do Ipiranga – Av.Gentil de Moura com Rua Visconde de Pirajá.



29/10 - Metrô Alto de Ipiranga

Saída: 8h, 9h e às 10h

Retorno:15h

Saída do Campus PUC Ipiranga para o Metrô Alto do Ipiranga – Av.Gentil de Moura com Rua Visconde de Pirajá.







Serviço:



III Fórum do Ensino Superior



Datas:

27/10 - 17h às 22h

28/10 - 8h às 21h

29/10 - 9h30 às 13h30



Local: PUC-SP –Campus Ipiranga

Endereço: Avenida Nazaré, 993- Próximo ao metro Alta do Ipiranga



Programação:



Dia 27/10:



17h- credenciamento



17h40- Apresentação do Coral da Faculdade Zumbi dos Palmares



18h- Abertura – Dr. Uebe Rezek – Secretário Municipal de Participação e Parceria; Prof Dr Dirceu de Mello – Reitor da PUC; Profa Dra Marina Graziela Feldmann - Pró Reitora de Graduação da PUCSP; Dr Alexandre Schneider - Secretário Municipal de Educação; Dr Elói Ferreira de Araújo - Presidente da Fundação Palmares; Profa Maria Auxiliadora Lopes – Coordenação Geral para a Educação das Relações Étnico-raciais da SECAD/MEC; Dr José Vicente – Reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares; Sra Maria Aparecida de Laia - Coordenadora da CONE.



19h – Conferência – A implementação das disciplinas de graduação em pedagogia em conformidade com a Lei 10.639/03 – Prof Dr Henrique Cunha – Univ. Federal do Ceará.

Coordenação da mesa: Maria Aparecida de Laia – Coordenadora da CONE



20h – Conferência : Desafios para o estudo da história Indígena do Brasil – Prof Dr Benedito Prezia – Programa Pindorama -PUCSP.

Coordenação da mesa: Sra Selma Paschoalino – Diretora do Campus Ipiranga - PUC/SP



21h - Lançamento de livros e coquetel : “Virando gente grande” de Benedito Prezia – Editora Moderna e outros.



Dia 28/10:



8h30 às 9h30- café e credenciamento



9h40 – Mesa: Limites e Possibilidades da implementação da Lei 10.639/03 no contexto das Políticas Educacionais – Profa Dra Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva – UFSCAR.



10h10- Multiculturalismo e as Leis 10.639/03 e 11.645/08 - Profa Azoilda Loretto da Trindade – Docente das Oficinas Indicadores Sociais com ênfase em relações raciais do LAESER/UFRJ.



10h40 – Recursos para a formação sobre História das Culturas Indígenas.

Emerson de Oliveira Souza - Etnia Guarani – Cientista Social, Programa Pindorama – PUCSP



11h10 às 12h - Debates

Coordenação da mesa: Profa Dra Vera Cristina de Souza – UNISA e Fac. Zumbi dos Palmares.



12h às 13h30 – intervalo para almoço



14h – Mesa: Qual História da África? Prof. Muryatan Santana Barbosa, doutorando da Fac. História/ USP, do Núcleo África, Colonialidade e Diáspora; Prof Dr Acácio Sidnei Almeida – Antropologia da PUC/SP.

Coordenação da mesa: Profa Anair Novaes – Pedagoga da CONE



15h- Desafios atuais para a formação de professores de História da África – Profa Dra Patrícia Teixeira Santos – História/ UNIFESP e Prof Dr Amailton Azevedo – PUCSP.



16h- Como trabalhar a questão indígena na sala de aula – Leopardo Sales Yawabane, do povo Kaxinawá - Programa Pindorama/PUCSP.

Coordenação da mesa: Prof. Dr Luiz Antonio Dias – PUC/SP



16h30 - debates



17h30- Intervalo para café



18h às 21h – Salas simultâneas de Comunicações de Pesquisa sobre as temáticas do Fórum auto-organizadas pelas Universidades participantes da organização do III Fórum:



Sala I – 18h30- Construindo a Igualdade Racial – II Prêmio de Artigos Científicos – CONE. Coordenação: Dra Maria Lucia da Silveira – Socióloga/CONE



18h40 –Economia solidária: espaço de maioria afrodesdendente numa perspectiva sustentável Edgard Moura – ALESP



19h - Um desafio transcultural para a educação matemática: o uso dos teares africanos - Profa Ms Eliane Costa dos Santos, doutoranda da UNESP



19h20- Relações Brasil e África para além da escravidão: ensino da História Afrobrasileira e africana numa perspectiva contra-hegemônica

José Francisco dos Santos – doutorando da PUCSP e professor da UNIFMU.



19h40- Questionando a presença/ausência de negros e indígenas na seleção da escola Politécnica da USP - Márcio Roberto da Silva Oliveira e Eliane da Silva



20h- Dandaras vencedoras: um estudo de trajetórias bem sucedidas via escolarização de mulheres negras em Salvador - Profa Ms Edilene Machado Silva



20h20 - Bulling Étnico: um crime que sempre passou em branco no ambiente escolar -Eufrate Almeida - Licenciatura em Educação Física da UNINOVE



20h40 - Debate



Sala II – Comunicações de pesquisa da UNISA

Coordenadora: profa Dra Vera Cristina de Souza – UNISA

18h30 – A importância dos estudos das temáticas étnicas negras e indígenas no ambiente acadêmico. Expositores: Carlos José Mendes e Valquíria Santos Luz – Grupo de Estudos Afrobrasileiros Luiz Gama da UNISA



18h40 - As vozes da África: o gueto forja a sua cultura

Prof Dr Rafael Lopes de Sousa – Dep. História da UNISA



19h – População Indígena: descaso público, questão social ou falta de conhecimento? Expositoras do TCC: Izabela de Paula Silva e Sonia Rodrigues dos Santos. Orientação: Profa Dra Vera Cristina de Souza – UNISA



19h20 – Maternidade na adolescência e os impactos sócio-culturais

Aline Lacerda Nunes – UNISA – Orientadora: Profa Dra Vera Cristina de Souza

19h40- Rap nacional: A baixa visibilidade do Rap nacional no Rádio e na TV

Hélio Oliveira da Silva – TCC – orientadora- Profa Dra Vera Cristina de Souza

20h- O papel social do comunicador frente à divulgação da religião afrobrasileira

Allan Cassin de Oliveira – Fac. De Comunicação Social- Rádio e TV- UNISA. Orientação: Profa Dra Vera Cristina de Souza - UNISA

20h20 – Identidade racial e gênero: a opção por não ser negro

Profa Dra Vera Cristina de Souza – docente das Faculdades de Serviço Social e Comunicação Social e EAD da UNISA.



21h- Debate



Sala III – Comunicações de pesquisa da UNISA

Coordenação: Profa Ms Adriane Costa e Silva – Profa de curso de Especialização UNISA

18h30 - No país das Amazonas

Profa Ms Adriane Costa da Silva – Curso de Especialização: Arqueologia, História e Sociedade da UNISA



18h50 - (Re) visões sobre a Pré-História brasileira na literatura didática

Cássia Aparecida Guimarães – Curso de Especialização: Arqueologia, História e Sociedade da UNISA

Orientadores: Prof. Felipe Próspero e Profa Ms Adriane Costa da Silva



19h10-Escravidão Indígena em terras paulistas – apontamentos sobre estudo arqueológico em mina aurífera de Guarulhos

Kate Regina Silva Yamaguti – Orientadores: Profa Dra Adriana Ramazzina e Profa Dra Cláudia Plens - Curso de Especialização: Arqueologia, História e Sociedade da UNISA



19h30- Vivendo em um Sambaqui – paisagem, monumentos e relações sociais na pré-história brasileira

Anderson Rogério Tognoli - Orientadores: Profa Dra Adriana Ramazzina e Profa Ms Adriane Costa da Silva - Curso de Especialização: Arqueologia, História e Sociedade da UNISA



20h30 - Debate



Sala IV - PUC SP

18h30 - Coordenador: Prof Luiz Antonio Dias – PUCSP



18h30- Pesquisa de Iniciação Científica - Rafaela Capelossa Nacked –orientanda da Profa Dra Mª Antonieta Antonacci



19h30– O tambor em forma de poema e prosa


Quilombhoje e Cadernos Negros: Teia Narrativa e laços de vivências.


Sergio Ballouk e convidados – Quilombhoje.



20h- Debate



Sala V – Fac. Santa Izildinha – UNIESP - UNAERP

18h30 – Retratação Tardia: contribuição sobre o tema da desigualdade para o ensino de História - TCC de Antonio Leopoldo Cruz – Curso de Licenciatura em História. Orientador: prof Dr Erivânio da Silva Carvalho.



19h – O quilombo numa perspectiva da história dos conceitos

Ricardo Rodrigues Bardy – TCC.. Orientação: Prof Ms Pedro Paulo Lima Barbosa – Faculdade Santa Izildinha.



19h20 – Rompendo o silêncio: (Re) historiando as famílias negras. Considerações Psicanalíticas

Profa Ms Reimy Solange Chagas - Coord. Do Núcleo Psicopedagógico da UNIESP.



19h40- Representações e saberes quilombolas – A Lei 10.639/03

Profa Ms Mary Francisca do Careno – NEIAB/UNAERP.



20h - Debate



Sala VI –Fac. Belas Artes e Faculdade Zumbi dos Palmares

18h30- Direitos Humanos, Literatura e História da Cultura Afro e Indígena

Prof. Dr Ronaldo Mathias – Faculdade Belas Artes de São Paulo



19h - Lei 10.639/03: Desafios para a sua implementação

João Batista da Costa; Jorge Josino da Silva e Deosdete de Oliveira Martiza – alunos do Curso de Direito, realizando Iniciação Científica – Orientadora: Vera Cristina de Souza

Faculdade Zumbi dos Palmares.



19h20- De que forma nasce, vive e morre a população negra? Atitudes e problemas de abordagem.

Profa Dra Vera Cristina de Souza – cursos de Pós-Graduação da Fac. Zumbi dos Palmares.



20h- Debate



Dia 29/10:



9h30 às 13h30 – Oficinas sobre experiências em sala de aula e nas escolas sobre as temáticas da História e Cultura Africana e Indígena - 10 salas disponibilizadas.



Sala I – Oficinas da UNISA - 9h às 13h

Curso de Especialização: Arqueologia, História e Sociedade da UNISA

Coordenação: Profa Ms Adriane Costa da Silva

Linguagem audiovisual e etnicidade

Adriane Costa da Silva e Cássia Guimarães

Olhares estrangeiros sobre a diversidade cultural brasileira

Simone Freitas

O arco e a flecha – uma auto-etnografia do outro lado, do lado de lá

Kate Regina Yamaguti

Luz, câmara e ação – imagens da auto-representação Tapuia

Adriane Costa da Silva



Sala II – 9h - Ceci – Ensino Indígena em São Paulo

Coordenação: Marcos Julio Aguiar e educadores do Ceci

10h30- A experiência ritmos do Brasil em Mauá

Coordenação: Marcos Julio Aguiar



Sala III – 9h- Escravidão e tráfico negreiro: como trabalhar o tema na sala de aula

Coordenação; Prof Dr Luiz Antonio Dias – Dep. de História PUCSP e UNISA



Sala IV – 9h – A máscara e o mascarado

Alexandre Magno Barbosa dos Santos – CEU Parelheiros



10h30 – Cores, Faces e Linguagens

Roseli Marcelli Santos de Carvalho – CEU Aricanduva – Profª Irene Galvão de Souza



Sala V – 9h – Movimento e Arte na Cultura Africana e Afrobrasileira

Prof. Alexandre Arcanjo e Profª Glauce de Paula

EMEF Mal. Deodoro da Fonseca



10h30- A Cultura Africana e de todos nós

Darialva da Graça Linge; Luciana Ragnoni de Almeida e Alessandra Ribeiro de Souza

EMEI Olavo Bilac



Sala VI – 9h- Dialogando com a Lei

Maria da Conceição Santos França; Ana Lucia de Campos; Raquel de Oliveira e Fátima Eliana de Paula – EMEF Antonio Carlos de Andrada e Silva.



10h30- Cotidiano Escolar: Olhares Cruzados no chão da escola

Kelly Cristina Gomes de castro – orientadora de sala de leitura e coordenadora pedagógica da rede. EMEF Antonio Carlos de Andrade e Silva.



Sala VII – 9h – Carimbo, Batuque e Poesia

Prof Ms Carlos Alberto da Conceição Teixeira – formador do Projeto Africanidades.



10h30 – EKUNDAYO – A dança afro tem o poder de fazer a tristeza tornar-se felicidade.

Magda Procópio e Valéria Gonzaga – Arte Educadoras do Projeto Africanidades nos CEUS.



Sala VIII – 9h – Negra Raiz – Dança Afro e Manifestações Culturais

Solange Camargo – Arte Educadora – Babalotim Grupo de Estudo da dança Afro e Manifestações Culturais.



10h 30– Conceito Yorubá

Coordenação: Babalorixá Iágbóálá Ésú Monteiro



Sala IX – 9h - Projeto Africanidades em Todos os Cantos: cidadania Multicultural, sociedade, história e memória africana e afrobrasileira.

Vera Regina Rodrigues da Silva – antropóloga e formadora do Projeto Africanidades.



10h30- Africanidades Brasil: Lei 10.639

Maristela Pinho da Silva – Profa de Educação Infantil de Mogi das Cruzes



Sala X – Exposição de Pôsteres da UNASP.

Auditório – 13h – Capoeira – Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira

Coordenação: Joseph Augusto Ribeiro de Souza – graduando da UNISANT’ANNA.